A SBRH fechou uma parceria com a Sociedade Brasileira de Dengue /Arboviroses

A SBRH fechou uma parceria com a Sociedade Brasileira de Dengue /Arboviroses –SBD/A – que é composta por médicos que tem como missão agregar outros profissionais de saúde e gestores da área da Saúde para estabelecer estudos, prospecção situacional e ações que contribuam na prevenção e controle no Brasil das Arboviroses mais prevalentes, como Dengue, Chikungunya, Zika vírus e, a Febre Amarela.

A SBRH divulgará através de seu portal o Curso de Capaciatação e Aprimoramento em Arboviroses criadp pela SBD/A que é composto por 5 vídeos

  • O primeiro vídeo, intitulado “Conhecendo o inimigo”, estabelece os fundamentos para o entendimento da anatomia, biologia e comportamento do vetor, as formas de transmissão dos vírus, o impacto das mudanças ambientais sobre sua proliferação, a necessidade de vigilância constante, sinalizando formas e tecnologias de controle da infestação;
  • O segundo filme (“Protegendo-se do vírus”) aprofunda o entendimento dos métodos de controle e prevenção das infecções transmitidas pelo Aedes, incluindo informações recentes sobre vacinas;
  • Já o terceiro filme (“Diagnóstico”) expõe didaticamente os sintomas e sinais diferenciais entre Dengue, Zika e Chikungunya, os sinais de alarme, os exames laboratoriais, exames auxiliares e suas leituras, bem como o papel da Enfermagem e do Farmacêutico Clínico como suportes vitais para o sucesso do atendimento ao paciente. Neste vídeo, também se dá a orientação quanto à notificação obrigatória ao Ministério da Saúde;
  • O quarto vídeo (“Tratamento”) traz orientações detalhadas e tecnicamente embasadas sobre a abordagem terapêutica aos diversos perfis de paciente de Dengue, Zika ou Chikungunya, os cuidados necessários, as alternativas disponíveis e as formas seguras de manejo;

Por fim, o último vídeo (“Os públicos especiais”) traz um olhar mais detalhado sobre perfis mais sensíveis quando da infecção por arboviroses: as gestantes, os fetos, bebês, crianças e os portadores de comorbidades.

Parceiros